Como Funciona o jejum intermitente

Como Funciona o jejum intermitente
4.9 (98.57%) 14 votes

Criei esse artigo com o intuito de falar sobre  como funciona o Jejum Intermitente, seus benefícios e como fazer jejum intermitente.

Antes de entrarmos nos prós e contras E se você fizer isso, vamos falar sobre o que o jejum intermitente realmente é. O jejum humano não é um conceito novo, por qualquer meio, os seres humanos vêm fazendo isso há milênios.

Como funciona o Jejum intermitente

Como fazer jejum intermitente

O jejum intermitente não é uma dieta, é um estilo de vida. Você apenas vai definir um horário em que você vai se alimentar e quando tempo ficará sem se alimentar.

O jejum intermitente é apenas uma reformulação de algo que já estamos fazendo. Nossos corpos e seu estado de jejum toda vez que estamos dormindo.

Algumas pessoas fazem jejum intermitente e nem sequer sabem disso. Quero dizer, há muitas vezes que estamos numa rotina estressante na faculdade de medicina, ou um trabalho difícil no hospital onde eu não tenho tempo para tomar o café da manhã.

Essa é uma forma de jejum intermitente e nossos corpos são totalmente capazes de lidar com isso. Eu sei o que você está pensando, eu não quero me privar de benefícios de saúde.

O jejum intermitente não é morrer de fome. Quando você está jejuando seu corpo usando nutrientes armazenados e formas de energia armazenadas para fazer seu corpo continuar a funcionar.

Quando você está morrendo de fome, você acaba com essas fontes de energia e está quebrando tecidos vitais como órgãos para obter a mesma energia.

Há muitas maneiras diferentes de fazer uma dessas dietas e isso não só torna confuso para você, mas também torna muito difícil fazer pesquisas sobre ele para descobrir o quão eficaz ele realmente é, porque se houver várias maneiras Para fazer isso, temos que ser capazes de testar cada uma dessas maneiras.

A dieta 16-8, que não está comendo durante as 16 horas do dia. Jejum alternativo dia onde você come um dia rápido no outro dia. Cinco e dois, onde dois dias da semana que você está jejuando.

Não há regra dura e rápida dizendo que esta é a maneira correta de fazê-lo.

Benefícios do jejum intermitente

Você pode estar se perguntando quais benefícios do jejum intermitente pode trazer para mim?

Tem havido muitos benefícios para a saúde propostos, muitos deles comprovados em estudos com animais ou modelos de laboratório, o que não é a mesma coisa que ser comprovada em um modelo humano, mas eles são muito promissores, agora incluem: aumento da agudeza mental, um perfil hormonal favorável, perda de peso, diminuição da inflamação no corpo, diminuição de certas doenças dentro do corpo.

Jejum intermitente emagrece?

Benefícios do jejum intermitente

jejum intermitente emagrece sim, pois com ele você tem um aumento no hormônio do crescimento, uma diminuição na insulina e só isso vai ajudar você a perder peso.

Em seguida, porque você está pulando refeições ou mesmo passando dias sem comer, é muito provável que, ao olhar ao longo da semana, você esteja ingerindo menos calorias.

Nosso pensamento é que durante 8 horas você vai comer menos do que você faria se você está comendo durante 16 horas.

Vamos falar sobre esses outros benefícios para a saúde. Nós sabemos que o estresse crônico não é bom para o corpo, o corpo não é para ser cronicamente estressado.

O jejum intermitente é realmente uma forma de estresse leve de curto prazo agudo.Este tipo de estresse de curto prazo é muito bom para o corpo.

Agora vamos usar como metáfora aqui

Vamos fazer exercício? O exercício é uma forma de estresse leve agudo.

O que acontece após o exercício, trás benefícios para o cérebro?

Trás benefícios para a perda de peso, trás benefícios para a prevenção de doenças, da mesma forma, quando você estressa seu corpo através de jejum intermitente.

Existem alguns benefícios mais autofagia, que é a remoção de resíduos celulares, mais produção de fatores neurotróficos que protegem seu cérebro e um perfil hormonal favorável com aumentos no hormônio de crescimento humano e norepinefrina.

Como fazer jejum intermitente

Os protocolos mais conhecidos de Jejum Intermitente são:

Protocolo 12/12: Nesse você terá que ficar 12 horas de jejum, onde poderá apenas tomar chá, café sem açúcar e água, porém nas outras 12 horas pode comer normalmente.

Ex: Você janta as 19 :30, então as 20h você começa o jejum e poderá voltar a comer normalmente apenas as 8h do dia seguinte. Lembrando que durante o jejum você pode tomar chá, café sem açúcar e água.

Protocolo 14/10: Nesse você deve ficar 14 horas de jejum e durante as 10 horas restantes, você pode comer normalmente.

Ex: Você janta as 19 :30, então as 20h você começa o jejum e só poderá voltar as comer as 10h da manhã.

Protocolo 16/8:  Esse é o Protocolo mais usado por quem treina. Nesse você deve ficar 16 horas de jejum e só se alimenta normalmente durante as 8 horas restantes. Pessoas que usam esse protocolo e treinam, costumam (inclusive é indicado), sincronizar a janela de alimentação para que elas possam treinar alimentadas.

Ex:

– 9h inicio da janela de 8 horas de alimentação. Refeição pré-treino
– 11h-12h treino
– 12h-12h30m refeição pós-treino
– 15h terceira refeição
– 17h última refeição antes do jejum.

Protocolo 24h: Esse protocolo consiste em comer apenas uma vez por dia, definindo um horário e comendo apenas naquele horário. Esse protocolo deve ser feito no máximo 2 vezes por semana e somente por pessoas que conseguiram se adaptar no protocolo 16/8 e já fazem ele por algum tempo.

Importante

É bem importante que você comece devagar, que você vá conhecendo seu corpo. Aconselho a começar com o protocolo 12/12 e com o tempo, ir mudando gradualmente.

Durante o jejum você pode tomar apenas chá, café sem açúcar e água. Chá de frutas e sucos não pode porque contém carboidratos.

Lembrando que antes de iniciar procure  uma dieta, pois jejum não é dieta, logo não tem um cardápio.

O que comer depois do jejum intermitente

O que comer depois do jejum intermitente

Após o jejum intermitente, em sua janela de alimentação, você deve evitar alimentos que tenham muito carboidrato. Pois como ficaremos um tempo sem ingerir carboidratos, nossa insulina vai lá em baixo, então para que ele não suba de uma vez, devemos evitar carboidratos. É  aconselhável ingerir alimentos ricos em proteínas.